segunda-feira, 1 de abril de 2013

A PRAIA A SEU FAVOR

Listamos dez benefícios que você pode conquistar ao aproveitar o verão à beira-mar para cuidar do corpo por dentro e por fora.
Uocê com certeza já ouviu bastante que se abusar da radiação solar será uma candidata em potencial ao envelhecimento precoce e ao câncer de pele; que se passar o dia com trajes de banho úmidos ou molhados poderá ter micoses até na região genital e que o vento, a areia e a água salgada danificam o seu cabelo.

O que certamente você (ainda) não sabe é que, apesar de todos esses malefícios, o sol, o mar e o contato com a natureza no litoral fazem um bem enorme à nossa saúde física e mental. Descubra por quê!

1- pernas firmes

A lém dos benefícios energéticos do contato com a areia da praia, caminhar à beira-mar descalça estimula a propriocepção, que é a percepção do corpo por meio de um movimento que desafia o sistema nervoso central. Esse tipo de treinamento melhora a coordenação motora, o equilíbrio, a força, a velocidade e a flexibilidade. "Como é um exercício aeróbico agradável e não exaustivo, andar na areia estimula os músculos mais profundos, fortalecendo as articulações de pernas, joelhos, tornozelos e bacia pélvica", diz o dermatologista José Carlos Greco (SP). "Sugiro, ainda, andar com a água até o joelho para trabalhar a musculatura das coxas e combater a flacidez", recomenda a médica Edislene Viscardi (SC). E, para o astral, não existe nada mais relaxante do que andar olhando o mar, o céu...

2- ação anti-inflamatória
Responsáveis pelas desagradáveis e incômodas micoses, que costumam "invadir" sobretudo nossos pés - região predileta destes germes -, os fungos gostam e precisam de umidade e calor para a sua sobrevivência. "Mas num ambiente como a praia, onde ficamos descalços e mais expostos, facilitamos a ação do iodo livre da água do mar, que é um agente antifúngico", explica o especialista José Carlos Greco. O sol também melhora doenças inflamatórias como psoríase, dermatite seborreica e eczemas, e ainda diminui a coceira e a descamação. "Isso acontece porque a radiação ultravioleta possui um efeito anti-inflamatório", afirma a dermatologista Denise Steiner (SP). Mas a dermatologista Juliana Martins Neiva (RJRJ) faz uma ressalva: "Para combater essas dermatoses, a exposição solar deve ser feita por poucos minutos e antes do horário de pico, das 10 horas ou após as 16 horas".

3- o mar hidrata
É verdade. E aqui vai uma verdadeira aula de ciências para explicar esse fenômeno. "Osmose é a passagem de água de um meio sem íons (hipo-osmolar) para um meio com íons livres (hiperosmolar). Os íons livres que temos nos sais da água do mar se impregnam em nossa pele, que, por mecanismos osmóticos, 'sugam' a água que está armazenada mais internamente em nosso organismo, aumentando o grau de hidratação da pele", ensina José Carlos Greco. Por essa razão, podemos dizer que a água do mar hidrata a cútis.

4- unhas fortes
A quantidade de iodo na água do mar não é tão grande para que este oligoelemento seja utilizado terapeuticamente para fortalecer as unhas. No entanto, o contato livre e diário delas com a água salgada em que o iodo está presente, acaba promovendo este benefício, já que a substância melhora a queratina das unhas deixando-as mais firmes e menos quebradiças. "Para um mês de férias, um banho de dez minutos diários é o suficiente para esta ação", recomenda José Carlos Greco.

5- cálcio para os ossos
Tomando os devidos cuidados, como evitar a exposição solar entre 10 e 16 horas, reaplicar o protetor solar (com FPS 30, no mínimo) a cada duas horas, proteger o rosto com chapéu e os olhos com óculos escuros, dá para curtir o lado bom do sol. "Ele é indispensável na síntese da vitamina D pelo organismo, necessária na fixação do cálcio para manter e fortificar os ossos", explica a dermatologista Denise Steiner. "Bastam apenas de 10 a 15 minutos diante do astro-rei para desfrutar desse efeito", garante a especialista carioca Juliana Neiva.

6- pele renovada
Graças às altas temperaturas, no verão nossa alimentação é mais saudável, pois ingerimos maior quantidade de frutas, saladas e água. "Ao beber mais líquidos, hidratamos nossa pele da maneira mais eficaz, de dentro para fora", avisa a dermatologista Cláudia Magalhães (PE). O resultado é uma pele bonita, viçosa e tratada. Já a maior abundância de frutas, verduras e legumes nas refeições garante excelentes quantidades de vitaminas, sais minerais, fibras e substâncias antioxidantes que combatem os radicais livres. E não é só. "Esse cardápio saudável também melhora o metabolismo de renovação celular e acelera a eliminação de toxinas nocivas à nossa saúde", explica José Greco.

7- pulmões limpos
Você já deve ter percebido que logo nos primeiros dias de folga no litoral, seu aparelho respiratório (nariz, garganta, pulmões) passa por uma verdadeira limpeza, pois você elimina uma grande quantidade de secreções. Segundo José Carlos Greco, isso acontece porque ao respirarmos perto do mar, há uma desintoxicação osmótica (lembra o que é osmose? Passagem de líquido de um meio para outro) e o resultado é bem parecido ao que conseguimos lavando o nariz com soro fisiológico. Como consequência, fica tudo limpo e desobstruído e nossa respiração bem melhor e mais saudável.

8- esfoliação para os pés
Diferentemente das outras partes do corpo, os pés possuem uma camada de queratina mais espessa e de difícil remoção. "Por essa razão, o simples ato de andar descalço na praia faz que o contato da pele com os grãos de areia promova uma esfoliação mecânica capaz de soltar as células mortas, deixando a região mais lisa e macia", afirma a dermatologista carioca Juliana Neiva.

9- combate à celulite e à flacidez
A o bater em nossas coxas e culotes, as ondas fazem uma massagem vigorosa nessa região, aumentando a circulação local e promovendo uma importante ação de drenagem linfática, que melhora substancialmente a celulite. Tanto que os dermatologistas recomendam drenagem linfática no tratamento de celulite, gordura localizada e flacidez cutânea, com duração de 30 minutos a uma hora, a cada três dias. "Além disso, nos mantermos em pé e equilibrados no mar contra a maré requer um trabalho muscular que também melhora a celulite e a flacidez", afirma a dermatologista Edislene Viscardi.

10- viva o bom humor
Há quem diga que bastam cinco minutos ao sol para acabar com qualquer depressão. É quase isso. "O bom humor está diretamente ligado à luz solar, porque ela estimula a glândula pineal, responsável pela produção de endorfinas em nosso cérebro. Estas substâncias é que promovem a sensação de prazer e bem-estar", afirma Cláudia Magalhães, dermatologista de Recife. "Além disso, a radiação solar diminui a taxa do hormônio melatonina, cuja produção aumenta em condições de estresse, podendo levar à depressão", esclarece o dermatologista José Carlos Greco. É por isso que nos sentimos felizes e reenergizados na praia, onde ainda desfrutamos de uma agradável sensação de liberdade e controle do nosso corpo por podermos usar menos roupas

fonte: http://corpoacorpo.uol.com.br/nutricao-saude