sexta-feira, 29 de abril de 2011

Plataforma de pesca amadora e esportiva

As plataformas de pesca amadora e esportiva surgiram no litoral brasileiro nos anos 70 e 80 como proposta de alavancar e desenvolver do  turismo regional principalmente nas faixas litorâneas caracterizada como mar aberto,  onde a pesca é bastante difundida  e praticada pela seus habitantes, mas que encontram dificuldades de exercê-la, na sua plenitude, em função das condições muitas vezes adversas do mar.
Hoje, em muitas praias principalmente da região sul do Brasil,  tem como atração maior,  as suas belas plataformas de pesca, que movimentam  o turismo durante o ano todo, gerando  emprego e renda a comunidade local residente.

Nas praias de Jaguaruna, principalmente no arroio Corrente e no Campo Bom, o tema das plataformas  também faziam partes das discussões cotidianas da população que tinha como hobby  a pesca de arremesso em mar aberto.  No entanto, a comunidade, por razões diversas, não conseguiram se mobilizar e se organizar a ponto de viabilizar um projeto de construção da uma plataforma de pesca e com isso desenvolver o turismo de toda  região.   
Sabemos que esta é uma estrutura complexa e cara e que por isso, se faz necessário a mobilização  e o comprometimento de todas as força vivas da região e principalmente do comercio que seria o setor  extremamente favorecido com o empreendimento. 
No entanto, se na época não foi possível tornar realidade este sonho, isso não quer dizer que não devemos iniciar novamente um movimento de mobilização em prol de viabilizar este antigo e necessário  projeto.
O desafio está lançado.

Entendo que  é necessário inicialmente constituir um grupo de pessoas interessado no projeto para iniciar o processo de diagnóstico de forma a identificar os  parceiros que desejam  ver está obra concretizada.

Volpato